terça-feira, 1 de junho de 2010

universos

Foto: Gerard Vlemmings



Edson Bueno de Camargo


o menino
cria universos
no céu que vê
refletido nas poças da água

4 comentários:

Nydia Bonetti disse...

teu universo poético me encanta, wilson. grande abraço.

José Carlos Brandão disse...

Muito bons seus poemas curtos, Edson.
Abraços.

Lara Amaral disse...

Quando reflete o céu, tudo é possível para ele.

Bonito poema!

Abraço.

« Katyuscia Carvalho » disse...

Toda poça é mote.
Mas nem todo poeta é menino.

Um beijo.