terça-feira, 1 de junho de 2010

esquecimento



Edson Bueno de Camargo


o corredor da casa nova
engole rajadas de vento
e folhas soltas

o esquecimento
esfria mais o ar
que este vento polar
que lembra inverno

Um comentário:

Milena disse...

"o corredor da casa nova
engole rajadas de vento".

Li alguns dos seus posts e percebi que seus poemas criam imagens simples e por isso emblemáticas. Gosto de imagens simples. Acho que são emblemáticas...

Brigada por ter passado pelos Oráculos. E pelo comentário. Volte sempre! =)

Que eu voltarei aqui.
Abraços.