domingo, 29 de julho de 2007

parafina


Edson Bueno de Camargo


a chama resiste
à própria extinção
parafina líquida em ebulição

o vento cruza
dois quartos de quilometro
até a janela escancarada
que virada para o poente
permite a brisa fria
envolver a vela

tudo isso precede a escuridão

2 comentários:

Wanderley Veras disse...

Olá, Edson,

Estarei colocando seu blog, por um período não determinado, entre os que 'recomendo', na página lateral do meu.

Espero que não se importe.

Abraço.

Mas antes, vou dar uma analizada no conteúdo.

Edson Bueno de Camargo disse...

Divulgação sempre é útil. Fico grato.